contador grátis
"Você veio Tão de repente Nem tive tempo pra me defender Os teus olhares Suas palavras Nem soube ao certo o que te dizer Nem sempre eu sou assim Tentando me expressar Mas hoje o teu sorriso de algum jeito me afronta Mas devo admitir Me perco em seu olhar Mas só me aproximando o teu desejo me encontra… Não esperava Você chegar em mim Mostrando tudo que de certo você tem Sua coragem, domina até o fim Um novo jeito que me faz tão bem ♪"
— Você Me Tem Nas Maõs - Renne Fernandes
"E o que eu escrevi sobre nós, está guardado… Aqui dentro, e, até mesmo na memória."
"Então você evita todos os espelhos e nem arrisca uma espiadela nos reflexos dos carros da rua… É isso. Gostamos de evitar olhar para nós mesmos porque temos medo do que vamos encontrar. Inseguranças, problemas, marcas, traumas, saudades que cortam o peito, arrependimentos? Tem de tudo um pouco por aqui. Como amar a si próprio, mesmo não sendo perfeito conforme gostaríamos de ser? O processo é lento. primeiro temos de nos aceitar como somos fisicamente, ou fazer algo para mudar aquilo de que não gostamos. Sorriso no rosto, foco no objetivo. Minha avó sempre dizia uma frase muito sábia: “Não há nada que a persistência não consiga. Para ela nada é impossível”. E é verdade. Podemos ser o que quisermos ser, desde que lutemos por isso."
—  Não Se Apega Não. via ingrid-michelotti
"Eu gosto de gente confiante, que se acha, bate no peito e fala “eu sei que você nunca vai me trair, porque eu sou apaixonante demais, né?” haha"
—  Não Se Apega Não. via ingrid-michelotti
"Enquanto me permitia sofrer por uns minutos, fui surpreendida pela moça que era responsável por limpar o local. Ela disse:
— Menina, seja o que for que estiver sentindo, sinta. Se permita sentir. Lágrimas são sentimentos que saem do corpo. Ruins, bons. Nós somos pequenos demais, sabe? E às vezes não cabe tanta coisa aqui. Então despejamos um pouco em forma de lágrimas. Chore."
—  Não Se Apega Não. via ingrid-michelotti
"Precisamos nos permitir sofrer. Não adianta vestir um sorriso no rosto e dizer às pessoas que está “tudo bem”, porque não está. Você sabe que não está. Fugir do sofrimento é adiar o inadiável. É fugir do próprio reflexo no espelho. Quem foge do sofrimento não o supera. Retém. E o nosso coração é pequeno para abrigar mágoas. O meu, por exemplo, tem três quartinhos. Três quartinhos que eu espero alugar para o amor e mais alguns sentimentos gostosos. Hóspedes tranquilos que me tragam paz. Eu já fui o tipo de pessoa que sorri enquanto o coração dói. Tentava mostrar ao mundo que nada me abalava e que minha armadura era impenetrável. E o que isso me trouxe? Exatamente, não trouxe nada. Sabe por quê? Porque não precisamos provar nada a ninguém. Provar para o outro que somos fortes? Que não temos emoções? Que tomamos porrada atrás de porrada sem reclamar? Fala sério!"
— Não Se Apega Não. via ingrid-michelotti
"Eu sou apaixonada por pessoas. Por sentimentos. Por emoções. Sou apaixonada por tudo aquilo que faça o meu coração vibrar. E nisso se inclui o sofrimento. Sofrer é poesia. Inspira. Quem sofre pode se renovar. É como a transformação da lagarta em borboleta."
— Não Se Apega Não. via ingrid-michelotti
"Por que as pessoas não cansam de se decepcionar? O que nos motiva a acreditar outra vez? Por que não podemos simplesmente ser racionais e deixar a emoção um pouco de lado? Eu tento, juro que tento. Meu cérebro se cansa de mandar mensagens ao meu coração pedindo que tenha calma. Me diz: e ele escuta? É surdo. Surdinho. Ele não escuta nada. Já sai atropelando, passando por cima, querendo nova dose de sentimento. Só mais uma. Sempre mais uma. E tá, admito, eu sempre assino embaixo. Fazer o quê? Eu adoro embarcar em novas aventuras, poxa, como eu gosto. A gente tá sempre procurando por algo que dê um frio na barriga. Nem que precise andar em uma montanha-russa, subir, subir, com a certeza de que daí a alguns segundos a queda será fatal. Racionalidade não tem mesmo nada a ver comigo. Pensar antes de se entregar? Também não. Analisar os riscos antes de se jogar do abismo? Muito menos."
— Não Se Apega Não. via ingrid-michelotti
"Que garota nunca se sentiu totalmente perdida?"
— Não Se Apega Não. via ingrid-michelotti
"Todo mundo que me odeia se dá mal na vida, não que eu faça algo pra isso, mas acho que meu anjo da guarda é vingativo."
— Não Se Apega Não. via ingrid-michelotti
"Estava com uma raiva maior ainda agora. Tudo estava tão perfeito, tão certinho, que eu nunca imaginei que pudesse me decepcionar tão cedo. Tá, tudo bem. O Tiago pode ter sofrido um acidente (céus, bate na boca), estar em coma em um hospital, e eu aqui pensando essas coisas. Ele pode ter sofrido um AVC enquanto tomava banho para vir me encontrar. Pode ter furado o pneu e ter ficado parado em algum lugar escuro da cidade. Pode também ter sido sequestrado por bandidos que desejavam arrancar seus rins para vender no mercado negro, ou por, sei lá, alienígenas monstruosos atrás de humanos indefesos… Mas se tem algo que aprendi é que nunca — nunca mesmo — acontece nada dessas coisas. Na maioria das vezes o cara está só te dando um bolo, porque é a maneira mais educada que ele consegue pra dizer “tô caindo fora”. E era isso que estava se passando naquele momento. Eu tinha certeza."
— Não Se Apega Não. via ingrid-michelotti

(Fonte: aloha-board)

  • — O Tiago mesmo me contou esses dias. Disse que tá "te curtindo" muito.
  • — Me curtindo? Mais o quê? O que ele disse de mim? Me conta?
  • — E desde quando você se importa com o que o Tiago pensa de você? Pensei que vocês eram ficantes esporádicos. Sem compromissos. Sem sentimentos.
  • — Não, isso mudou. Ele mudou, sabia? Agora ele tá um fo-fo. Supermaduro,supercavalheiro,superprin... Pê, que saudade de você!
  • — Hum. Mudou, então. Que bom. Fico feliz por vocês. Só te peço para tomar cuidado, o Tiago não é lá flor que se cheire... Sério...
  • — Ai, Pedro, que mania essa sua, hein? Sempre quando eu tô feliz com alguém você chega pra cortar minha onda, um saco!
  • — Eu sou um saco? Como seu amigo, achei que deveria te alertar, só isso. Da próxima vez eu deixo você se ferrar sem avisos prévios.
  • — Dessa vez eu não vou me ferrar. Para de falar como se já soubesse o futuro.
  • — Talvez eu saiba.
  • — Talvez você seja um idiota.
  • — Você tá insuportável hoje. Eu vou desligar, amanhã vou à praia com a Savanna e preciso dormir agora, tô exausto. Boa sorte com o seu príncipe encantado. Me convide para o casamento. A gente se fala.
  • Eu nunca interferia nos relacionamentos do Pedro, nem quando ele insistia em sair beijando um monte de garotas por aí.
  • — Não Se Apega Não.
"Uma garota que se desapegava fácil das coisas quando percebia que me faziam mal, e que isso, por um lado, era bom. Muito bom. Talvez por algum acontecimento da minha infância eu houvesse amadurecido além do habitual."
— Não Se Apega Não. via ingrid-michelotti
"Minha mãe se preocupava com minha sanidade mental, afinal, que tipo de filha é essa que não consegue dar certo com ninguém? Que não consegue gostar de ninguém? Isso não é uma filha, é um androide."
— Não Se Apega Não. via ingrid-michelotti